ProfiCiência - informação sobre profissões em ciência Conheça as carreiras científicas

A principal dificuldade encontrada pelas mulheres quando abraçam a carreira científica é administrar seu trabalho sem abrir mão de serem mães e esposas.

Partindo da premissa de que o aprendizado de modo geral é facilitado por sua relação com atividades do cotidiano da pessoa, podem ser usados moldes de costura para ensinar Matemática, caso o grupo de alunas seja de uma comunidade envolvida com costura, assim como receitas culinárias para ensinar Química, o ciclo menstrual para ensinar Biologia. Nesse caso, não se estaria reforçando o estereótipo, mas associando a Ciência ao dia-a-dia.

Estabelecer relações entre a Ciência e as atividades cotidianas da pessoa ajuda muito na compreensão dos conteúdos e aumenta o interesse!

As recomendações da Organização Educacional, Científica e Cultural das Nações Unidas (Unesco, na sigla em inglês) para se lidar com o tema GÊNERO (que pode ser masculino ou feminino) são muitas. Veja algumas:

- a renovação da história da ciência com a inserção das mulheres;
- o apoio aos estudos de gênero relacionados ao desenvolvimento do conhecimento científico e tecnológico;
- a inserção em projetos interdisciplinares do tema igualdade de gênero como tema transversal - ou seja, trabalhado paralelamente ao tema central;
- a integração do tema gênero aos conteúdos curriculares e a didática de ciência e tecnologia;
- a criação de redes e ações coordenadas para integrar esse tema à formação básica e contínua dos professores e garantir que seja incluído nas políticas educacionais.

A ideia é fazer uma ciência mais rica, mais válida e mais sensível aos desejos, necessidades e expectativas de toda a humanidade. E as mulheres são 50% dela!