ProfiCiência - informação sobre profissões em ciência Conheça as carreiras científicas


O Brasil participará pela terceira vez da 5ª Romanian Master of Mathematics (RMM), competição que acontecerá de 29 de fevereiro a 4 de março de 2012, na cidade de Bucareste, Romênia. O evento, que reúne jovens talentos para a matemática, convoca os países com melhor desempenho na Olimpíada Internacional de Matemática (IMO). Além do Brasil, participam as delegações da Alemanha, Bielorússia, Bulgária, Coréia do Sul, China, Estados Unidos, Hungria, Itália, Irã, Japão, Peru, Polônia, Reino Unido, Romênia, Rússia, Sérvia, Ucrânia.

A competição é organizada desde 2007 pela Escola Nacional de Informática "Tudor Vianu", em colaboração com a Sociedade Científica Romena de Matemática e o Ministério de Educação, Investigação e Juventude.  Os objetivos da competição são proporcionar uma excelente oportunidade para os jovens de demonstrar suas habilidades matemáticas, possibilitar a troca de conhecimentos, reforçar os contatos interculturais no ensino médio e conhecer aspectos culturais da Romênia. 

O Brasil será representado este ano pelos estudantes André Macieira Braga Costa, de Belo Horizonte (MG), Henrique Gasparini Fiúza do Nascimento, de Brasília (DF), João Lucas Camelo Sá, de Fortaleza (CE), Maria Clara Mendes Silva, de Pirajuba (MG), Rafael Kazuhiro Miyazaki e Rodrigo Sanches Angelo, ambos de São Paulo (SP). A equipe brasileira será liderada pelos professores Fabrício Siqueira Benevides, de Fortaleza (CE), e Matheus Secco Torres da Silva, do Rio de Janeiro (RJ).

A participação brasileira na competição é organizada através da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), iniciativa que desempenha um importante papel em relação à melhoria do ensino e descoberta de talentos para a pesquisa em matemática nas modalidades de ensino fundamental e médio nas escolas públicas e privadas de todo o Brasil.  A Olimpíada Brasileira de Matemática é um projeto conjunto do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) com a Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). que conta com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Matemática (INCT- Mat).