ProfiCiência - informação sobre profissões em ciência Conheça as carreiras científicas
Juiz de Fora foi a primeira cidade do continente sulamericano a receber o Campeonato Mundial Escolar de Xadrez, entre os dias 26 de novembro e 4 de dezembro, o que dá o aval à cidade, para receber possivelmente, o Panamericano de Xadrez em 2015.

Além de entrar para o cenário internacional, a Escola Degraus de Ensino, que organizou o evento juntamente com o Sistema X de Xadrez escolar, alcançou o vice-campeonato da competição. A delegação da escola contou com cerca de 40 crianças. Ao todo, participaram da competição 173 instituições de 27 países, e também do Brasil.

Durante os nove dias de evento, que proporcionaram aos participantes momentos de muita concentração e tomadas de decisão, além de permitir a vivência de todos, com as mais diversas culturas, passaram por Juiz de Fora desde a delegação de Israel até dois príncipes do Iêmen. Promovido pela Federação Internacional de Xadrez, a Confederação Brasileira de Xadrez e a Federação Mineira de Xadrez. 

A Escola Degraus de Ensino, vice campeã do campeonato, tem em seu currículo a prática do Xadrez há cerca de três anos. Aliado ao Sistema Positivo de Ensino (SPE), o esporte tem contribuído para o desenvolvimento cognitivo e psicológico dos alunos. De acordo com Rodrigo Mendonça Pereira, diretor pedagógico da instituição, a importância do esporte na vida dos alunos é evidente. "Em atividades que exigem o raciocínio, percebemos a postura diferente entre os que praticam o esporte e aqueles que acabam de chegar em nossa escola". O mesmo sentimento tem a diretora-fundadora da Degraus, Elisabeth Batista de Castro: "Vemos que a criança fica mais interessada na escola, quando unimos o Xadrez aos conteúdos de sala. A vinda para a escola passa a ser mais prazerosa, porque eles aprendem como usar a lógica, a serem mais estratégicos e concentrados, e evoluem como grupo, porque aprendem a manter uma convivência saudável com os colegas.  Em 2014, 11 escolas privadas ofereceram o xadrez no quadro curricular, enquanto outras oferecem como atividade extra classe.

(Grupo Excom)