ProfiCiência - informação sobre profissões em ciência Conheça as carreiras científicas
Já estão abertas as inscrições para a 29ª edição do Prêmio Jovem Cientista (PJC). A premiação tem como tema "Inovações para a conservação da natureza e transformação social". Podem concorrer estudantes do Ensino Médio, Ensino Superior, mestres e doutores. Há, ainda, mais duas categorias dentro do prêmio: Mérito Científico para o pesquisador doutor que ao longo de sua trajetória tenha se destacado na área relacionada ao tema da edição, e Mérito Institucional para instituições dos ensinos médio e superior com o maior número de trabalhos qualificados.

As inscrições e os trabalhos podem ser enviados até o dia 31 de julho, para o site www.jovemcientista.cnpq.br. A partir do mês de fevereiro, serão disponibilizadas web aulas no site do prêmio, voltadas para o tema deste ano, com o intuito de auxiliar os participantes no decorrer da seleção.

Instituído em 1981, o Prêmio Jovem Cientista incentiva a pesquisa científica e os estudantes e jovens pesquisadores que buscam soluções inovadoras para os desafios do país. Biodiversidade, empreendedorismo e sustentabilidade, inovação e inclusão digital são algumas das linhas de pesquisa que podem ser consultadas no site do prêmio.

A 29ª edição do Prêmio Jovem Cientista é uma iniciativa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Fundação Roberto Marinho, Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza e Banco do Brasil.

Conheça as linhas de pesquisa

Na 29ª edição do Prêmio Jovem Cientista, estudantes do Ensino Superior, mestres e doutores poderão inscrever trabalhos relacionados a uma das seguintes linhas de pesquisa:

Benefícios socioeconômicos gerados por unidades de conservação e demais áreas protegidas;
Biodiversidade, serviços ecossistêmicos e bem-estar humano;

Empreendedorismo e modelos de negócios para a inclusão digital e uso sustentável de recursos naturais;

Incentivos econômicos para a conservação e o uso sustentável da natureza;

Inovações para a conservação e o uso sustentável da natureza;

Inovações para a inclusão digital da sociedade brasileira;

O papel da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos na adaptação às Mudanças do Clima;

Práticas inovadoras em educação, comunicação e divulgação sobre biodiversidade;

Produção e consumo ambientalmente sustentáveis;

Tecnologias digitais para transformação social;

Tecnologias para incentivar a prática de economia colaborativa e sustentável.

Já na categoria Ensino Médio, poderão ser inscritos trabalhos relacionados a uma das seguintes linhas de pesquisa:

Comunicação e mobilização para a valorização de áreas protegidas;

Empreendedorismo e soluções locais para a conservação e o uso sustentável da natureza;

Inovações para a conservação da natureza e o uso sustentável no ambiente escolar;

Práticas inovadoras em educação ambiental e conservação da natureza;

Tecnologias digitais para a conservação da natureza;

Tecnologias digitais para transformação social.

Premiação

Na categoria Mestre e Doutor, será contemplado com a quantia de R$ 35 mil o 1º colocado, R$ 25 mil o 2º colocado e R$ 18 mil o 3º colocado. Eles receberão também bolsas de Mestrado ou Doutorado, no país, se ainda não tiverem a titulação de mestre ou doutor. Para os que já têm a titulação de doutor, são oferecidas bolsas de Pós-Doutorado Júnior, no país.

Já os vencedores da categoria Estudante do Ensino Superior ganharão as quantias de R$ 18 mil (1º lugar), R$ 15 mil (2º lugar) e R$ 12 mil (3º lugar). Eles receberão ainda uma bolsa de Iniciação Científica ou uma bolsa de Mestrado ou de Doutorado.

Os ganhadores da categoria Estudante do Ensino Médio receberão um laptop cada um e bolsa de Iniciação Científica Júnior ou bolsa de Iniciação Científica.

Os vencedores das categorias Mérito Institucional Instituição de Ensino Superior, Mérito Institucional Instituição de Ensino Médio e Mérito Científico receberão, cada um, a quantia de R$ 40 mil.